Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

[Fanfic] Capítulo 7 - Conversas

Bom, depois daquela revelação, fiquei chocada, já que não é o tipo de coisa que eu escuto todo dia, ainda mais de um certo “amigo” meu. Quer dizer, ele me surpreende às vezes, mas por essa eu não esperava mesmo!
Mas, o fato é que ele deve ter percebido (ou deduzido) a minha reação, do outro lado da linha, quando me perguntou:
—Kaori, você ainda está aí?
—Estou sim— respondi, tentando soar o mais natural possível — Por que a pergunta?
—Porque você não respondeu de imediato como sempre faz — apontou como se fosse a coisa mais óbvia que existe
Pronto. Eu estava certa. Ele realmente percebeu. Se tem alguém que me conhece bem, é o Kousei.
—Ah...— suspirei, sem ter uma resposta melhor para aquilo.
—Posso te visitar amanhã? — interrogou, de repente, visivelmente querendo mudar de assunto para melhorar o clima da nossa conversa
—Claro — respondi, singela, com um sorriso na voz.
—Então estarei aí. E com uma surpresa pra você, querida
—Eu não sou sua “querida”, Kousei — protestei, fingind…

[Fanfic] Capítulo 6

Capítulo 6 – Kousei
Após abraçar e beijar meus pais com todas as minhas forças, ficamos um bom tempo conversando sobre muitas coisas, mas basicamente eles me perguntavam sobre meus amigos.
Eu falava o que estavam fazendo e por que.

Comecei pela Tsubaki: comentei que a minha colega de sala (e muito amiga) queria passar em uma prova, não importava como, e por isso passava todos os dias na biblioteca estudando o máximo possível. Às vezes, uma garota da mesma sala que a gente, chamada Yukari, a ajudava nos estudos (Yukari era chamada de “nerd” pela nossa turma), mas em geral, Tsubaki se esforçava por conta própria, fazendo pesquisas e lições de casa.

Depois foi a vez do Watari: disse que ele era o capitão do time de baseball da escola, e que estava determinado a vencer os jogos interescolares que aconteceriam dali a algumas semanas, já que o time dele perdeu no último campeonato.

Por fim, o assunto foi ninguém menos que Kousei. Contei um pouco sobre o meu amigo (que meus pais chamavam de …

[Fanfic] Capítulo 5

Capítulo 5 – Pós-cirurgia

Fui com o doutor Kei e a Yukie (a enfermeira assistente dele) para a UTI, acompanhada de meus pais. Nada de especial, a não ser pelo fato de que lá na UTI as enfermeiras estão sempre correndo para lá e para cá de tão atarefadas que são com tantos pacientes. Aí a gente só escuta os passos delas toda hora, mas tudo bem, porque é esse o normal da rotina delas.

Quando cheguei ao local, meu corpo ainda estava fraco por conta da hemodiálise, e por isso a Yukie e o doutor Kei me colocaram na minha cama (um pouco dura, para dizer a verdade), e já me deixaram deitada, para efeito de uma melhor recuperação. De outro lado, já era um alivio saber que agora era só uma questão de tempo até que eu me recuperasse por completo (seriam alguns longos meses, mas valeria a pena). Mesmo assim, resolvi perguntar ao médico:
—Doutor Kei, há previsão de quanto tempo irá demorar a minha recuperação?
—Sabia que ia perguntar isso, Kaori — comentou bem humorado, piscando para mim.
Abri um …

[Fanfic] Capítulo 4

Capítulo 4
Dia seguinte — Dia da cirurgia

Acordei cedo com a minha mãe ao meu lado (eu sei que eu não menciono muito ela, mas ela está sempre me acompanhando). Passados alguns minutos uma enfermeira vem trazer o meu café da manhã: pães fresquinhos com uma xícara de chá preto (acompanhado de um saquinho de açúcar). Ah, e também tinha gelatina (eles insistem em dizer que comer gelatinas faz bem à saúde). Com a fome que estava, comi tudo o que tinha direito, como se nunca tivesse comido pães com manteiga na vida! É... Se tem alguém que come pra caramba, essa sou eu.
Mas só deu o tempo de comer e fazer a digestão, que uma hora depois, o doutor Kei (com uma enfermeira assistente, a Yukie) chegou dizendo:
— Pronta Kaori? Vamos fazer a cirurgia logo
Eu apenas assenti com a cabeça, concordando com ele. Eu sabia que “logo” era o mesmo que “nesse instante”
— Por favor, coloque essa roupa para te proteger— recomendou a enfermeira.
— Ok — foi a minha breve resposta.
E assim se fez. Fomos a caminho d…

[Fanfic] Capitulo 3

Capítulo 3 – Boa sorte Depois daquela frase, não sabia mais o que pensar. Meu cérebro virou gelatina. Sua teimosa? Como assim? Ok, eu admito que gosto do Kousei (só para você, leitor), mas ele não demonstra ter algum tipo de sentimento por mim além da amizade (ele é tímido demais pra isso) e agora ele diz que eu sou a “sua teimosa”? —Ah, vai saber! Homens! Mas eu não pude evitar: estava em um completo estado de transe, pasmada, mais branca que papel. Fiquei pensando nisso por alguns instantes, mas também não podia fantasiar as coisas: amizade é amizade, amor é outra história. Resultado: Agora eu sei que o meu “Amigo A” tem mais mistérios que eu imaginava! E um deles me inclui. Argh! Depois a imprevisível sou eu! (Os meus amigos me dizem isso o tempo inteiro) Mas eu decidi não comentar nada com ele e deixar as coisas rolarem. Afinal, mesmo que eu perguntasse não falaria isso logo de cara. Então, eu só perguntei:  — Tem algo mais a declarar, Kousei? — interroguei pretensiosa — Eu só quer…

[Fanfic] Capítulo 2

Capítulo 2 - Promessas No dia seguinte, como prometido, Kousei veio me visitar. Era de tarde, umas 14 horas quando veio me ver. Estava vestido com uma camisa branca e uma calca jeans azul — Boa tarde — saudou-me
— Olá, Kousei — Estou surpresa que tenha vindo mais cedo dessa vez
Ele concordou com a cabeça, assentindo
— Adivinha só o que eu trouxe— disse, na tentativa de fazer mistério pra mim— Sua sobremesa favorita!
Sorri de ponta a ponta. Estava com tanta vontade de comer doces... Até parecia que tinha dois anos de novo! Não demorou para que ele me entregasse a sacola com os doces, e mais rápido ainda foi a forma como eu os devorei.Rápido mesmo! 
Depois de comer, ele gentilmente se sentou na ponta da minha cama e subitamente, me perguntou:
— Kaori, o que você tinha para me dizer?
Foi então que meu sorriso se desfez. Em seu lugar estava uma expressão de desespero, e ao mesmo tempo insegurança, por não saber qual seria sua resposta.
— Quero que me faça uma promessa — comecei, tímida e insegura…

[Fanfic] Capítulo 1

Capítulo 1 – Kaori Dois meses antes – Primavera Ah, eu me lembro. A primavera é a estação do florescer, de um novo início. Foi quando eu encontrei inspiração para tocar cada dia a mais e quando decidi que iria participar de todos os concursos de música que aparecessem. Isso foi em abril. No mesmo mês que conheci Arima Kousei, o pianista prodígio da minha idade. No começo da primavera foram apenas dias de alegria. Ficamos amigos, demos forças um ao outro (Kousei superou seus medos), fomos a um concurso musical e aproveitamos o tempo livre com nossos amigos Watari e Tsubaki. Com o passar do tempo, eu e Kousei fomos nos aproximando e nos gostando cada vez mais. Essas são as boas memórias dos últimos dois meses.

[Fanfic] Chances e Recomeços - Prólogo

KAORI Acordo de manhã, com o sol raiando, a luz intensa que adentra as janelas e me desperta totalmente. Estou bem disposta hoje. Mas por um segundo me volto ao ambiente em que estou e me dou conta de que o verão já está para chegar logo, enquanto eu ainda estou aqui neste lugar há exatamente dois meses: Hospital King Clinic. Tão silencioso quanto entediante. Desde a minha última recaída estou aqui, mas tenho esperança de alguma melhora. Quero desesperadamente sair daqui, voltar a ver meus amigos (embora eles venham aqui todos os dias para me visitar), me divertir, e principalmente, quero voltar a tocar violino. Sinto falta disso, se tornou uma parte importante da minha rotina tocá-lo. 
“A Música é a liberdade”. Esse sempre foi o meu lema. Quando toco o violino é o meu momento de paz, porque eu posso livremente me expressar com as canções. Posso fazer a vida de muitas pessoas mais plena e colorida. Transmitir sentimentos sem precisar de única palavra para expressá-los. Mas, tem mais um…