Himeneu, o deus do casamento

Himeneu, considerado o deus do casamento, é fruto da união de Afrodite com Apolo.
Nasceu na cidade de Delfos, mas depois fora deixado com as ninfas, que o levaram para uma família bastante humilde, mas de bom coração.
Apesar de ser "pobre"(...)...Uma de suas paixões era uma garota extremamente nobre.
Conta-se que tinha grande beldade (herdada de seus pais) e, por isso era facilmente confundido com uma garota, e por isso, quando os piratas raptaram umas virgens que estavam fazendo sacrifícios a Deméter, Himeneu foi raptado também.
Entretanto, como era esperto, enquanto os piratas estavam a dormir, pegou sua espada e os matou, salvando a vida das moças, e a sua própria.
Suas vestimentas eram  compostas por uma guirlanda de flores na cabeça e túnicas.
Segurava consigo uma tocha acesa, a qual representava a eternidade do casamento, sendo esse, o seu símbolo.
Comparecia a todos os matrimônios, e poderia estar em forma humana ou não.
Contudo, dizem que nas festividades, o deus era visto em forma de pomba.
Para finalizar, digo que, o buquê de flores é uma tradição casamenteira vinda desta época, da Grécia Antiga, e a diferença é que no tempo de Himeneu, o buquê era composto somente de flores de Jacinto, e, atualmente, há uma infinidade de opções de flores para fazê-lo, sendo hoje, a mais popular, a rosa vermelha.

Comentários

  1. Isso aí é bem posterior. Himeneu no princípio era apenas os cantos nupciais com o qual se honrava a noiva no trajeto entre sua casa e a casa do futuro marido, local onde seria realizada a cerimônia de casamento. Posteriormente é que inventaram uma história e criaram um deus para esse nome.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História