Postagens

Postagem em destaque

Escândalo na Corte Real: Tiveram Henrietta e o Rei Luís XIV um affair?

Imagem
Recentemente, comecei a acompanhar a série “Versailles”, que se centra na Corte Real Francesa no período de governo do Rei Luís XIV. Algumas cenas e fatos deixaram me intrigada, como por exemplo, o fato de Sua Majestade ter tido um caso com Henrietta, sua prima em primeiro grau (posteriormente, sua cunhada). Então, fui pesquisar mais a respeito deste assunto, e descobri que, por trás da ficção há um fundo de verdade. Henrietta Anne Stuart, também conhecida por seu apelido “Minette”, nasceu na Inglaterra em 26 de junho de 1644, filha do Rei Charles da Inglaterra e da Rainha Henrietta Maria da França, portanto, sendo descendente de ambas as dinastias Stuart e Bourbon. Após a morte de seu pai em uma guerra civil na Inglaterra, Henrietta refugiou-se com sua mãe na França. Casou-se no ano de 1661 com o Príncipe Phillipe I da França, o Duque de Orleans, (irmão mais novo de Luís XIV), tornando-se assim a “Duquesa de Orleans” No entanto, a relação do casal, não durou muito. É dito que no início …

Mongólia e União Europeia apresentam projeto de assistência ao comércio.

Imagem
Ulan Bator, 28 mar (PL). O projeto de assistência relacionada com o comercia da União Europeia (U.E) à Mongólia foi apresentado hoje ao Ministério das Relações Internacionais para diversificar as exportações e contribuir com o crescimento econômico mongol. A adoção dessa iniciativa, a custo de seis milhões de dólares para se executar até 2020, permitirá a exportação de 7.200 tipos de produtos livres taxas alfandegárias de Ulan Bator até os Estados-membros da U.E e que na atualidade alcançam apenas a faixa de 10, incluindo os têxteis e o couro. Damdinsuren Davaasuren, Secretário de Estado do Ministério de Relações Internacionais explicou que o projeto define uma política ótima e efetiva e que facilitará o comércio e renovará a economia, ainda que deverão se concentrar na criação da capacidade de força de trabalho, nos quais desenvolverão uma estratégia comercial. De sua parte, Marco Ferri, o encarregado de negócios da delegação da U.E na Mongólia, disse que Ulan Bator tem potencial par…

Comércio exterior vietnamita registrou vários recordes em 2017.

Imagem
Hanoi, 26 mar (PL). Vietnã quadruplicou em apenas uma década seu comércio exterior e no ano recém-finalizado o situou em uma cota inédita de 400 bilhões de dólares. O Ministério da Indústria e do Comércio destacou neste último dia 26 que o comércio de 2017 superou pela primeira vez os 200 bilhões de dólares um aumento interanual de 21,2%, muito acima dos objetivos do governo. Outro alentador resultado foi que o superávit comercial alcançou o valor mais alto na história ao atingir os 2 mil e 920 milhões de dólares, principalmente graças aos faturamentos aos Estados Unidos, Austrália e União Europeia. Também se registraram marcas em capítulos referidos à diversificação de produtos e mercados. Já em 2017, o país contou com 29 grupos de mercadorias 1 bilhão de dólares, 20 grupos com 2 bilhões de dólares e oito grupos com mais de seis bilhões de dólares. Os artigos têxteis e as confecções, o calçado, os maquinários e os produtos agrícolas e aquícolas renderam os maiores ingressos. Em relaç…

[Aprendendo Francês] Introdução à língua francesa e motivos para aprender o idioma

Imagem
Recentemente, me apeguei muito à uma série de TV chamada “Versailles”, e também à história da França em si, de modo que me despertou a vontade de aprender o idioma. Aprender uma língua nova é sempre bom para compreender nossos filmes, séries e músicas prediletas, mas além do entretenimento há muitos outros motivos que levam uma pessoa a querer compreender o francês.

Uma pequena história e mais algumas razões O francês é uma língua que teve origem no latim, tal como influências celtas e germânicas. Com o passar dos séculos, foi a língua utilizada pela corte francesa, motivo pelo qual logo se tornou o idioma oficial do Estado Nacional da França.   É falado oficialmente em 29 países ao redor do mundo, e sendo assim, é uma língua diplomática. Extremamente útil se quiser seguir essa área, ou alguma outra relacionada. Sem contar que, aqui em nosso país, há inúmeras empresas francesas. Se você quiser ter um diferencial ou se quiser impressionar alguém, também é uma alternativa, já que o franc…

Guerra Franco-Espanhola (1635 – 1659)

Imagem
A Guerra Franco-Espanhola (1635 – 1659) foi um confronto militar resultante do envolvimento da França na Guerra dos 30 anos. Depois que os aliados germânicos da Suécia foram forçados a “se acertarem” com o Sacro Império Romano Germânico, o Primeiro Ministro da França, Cardeal Richelieu declarou guerra à Espanha, alegando que o território francês estava cercado pelo território de Habsburgo. Entretanto, o maior inimigo da Espanha no século XVII, eram os holandeses. Isso porque a Espanha não queria arriscar seus territórios e nem estava pronta para admitir que sua influência como uma potência mundial estava decaindo. Assim, os espanhóis guerrearam contra os holandeses por mais de um século, em uma série de confrontos que se deveu à insistência de Conde-Duque de Olivares, Gaspar de Gusmán y Pimental, primeiro ministro espanhol e o favorito do Rei Phillipe IV da Espanha, sendo uma figura influente em inúmeras áreas tais como Relações Internacionais e economia. Como resultado, conquistaram …

As Frondes na França: A Revolta contra o Primeiro-Ministro

Em 1648, se finda a “Guerra dos Trinta Anos” (1618 – 1648), com o tratado de paz de Vestefália. Acontece que nesse mesmo ano, iniciou-se na França uma série de conflitos internos chamado “Frondes”. Tudo aconteceu após a morte do Cardeal Richelieu, cujo cargo de Primeiro Ministro foi substituído por Jules Mazarin, político de origem italiana, naturalizado francês. Depois da Guerra dos Trinta Anos, a França se encontrava em um estado deplorável, e foi então, que o Ministro Mazarin decidiu aumentar os impostos, sendo este o principal motivo da revolta que duraria 5 anos. A medida desagradou principalmente aos nobres e aos membros do Parlamento. Sua imagem foi prejudicada duas vezes, através da força da imprensa. Seus opositores se referiam a Mazarin como “O Bárbaro Oficial que nos tiraniza”, e o acusaram de voracidade, nepotismo, relações ilícitas além de ter destinado grande parte do patrimônio aos palácios, às joias e quadros. Sua salvação diante de toda a situação que lhe cercava, era…

Canadenses culpam a Trump sobre as tensões na Península Coreana.

Ottawa, 23 de ago. (PL) A maioria dos canadenses pensa que o presidente estado-unidense, Donald Trump, é o culpado pelo agravamento das tensões na Península Coreana e desconfia de sua capacidade para controlar a situação revelou uma enquete publicada hoje. A pesquisa realizada pela empresa Abacus Data, mostrou que 84% dos cidadãos consultados estimam que as declarações de Trump apenas coloquem lenha ao fogo. Ademais, este grupo de pessoas deseja que o governo do primeiro ministro Justin Trudeau estimule as relações diplomáticas com a República Popular Democrática da Coreia (RPDC, Coreia do Norte). De acordo com a pesquisa, seis em cada dez canadenses prestam atenção às trocas de acusações entre os Estados Unidos e as autoridades norte-coreanas, e 69% deles considera provável que a Casa Branca realize uma agressão militar contra a nação asiática, que aponta seu direito de dispor dos meios necessários para a sua defesa. Em linhas partidárias, 91% dos liberais, 94% dos seguidores do Novo…